Soldado Steve Gern e a ordem executiva de Trump

Um pouco de senso comum…

Agora é o seguinte: o seu amigo esquerdista vai tentar convencê-lo de que é mentira, de que os “iraquianos” não têm nenhum ódio contra os Estados Unidos, eles são grandes fãs do Michael Jackson e do país, amam tanto que sonham ir para lá fazer parte dessa grande família e encher a bandeira de beijos.

Ok, na verdade eles nem têm cara para dizer isso. O que farão é justificar o ódio e mesmo assim defender a entrada. Eles acham que justificar o ódio justifica a entrada inimigos. Isto porque eles odeiam tanto o Ocidente quanto aqueles que eles defendem os odeiam a eles. E o pior é que nem parecem ter consciência disso, é uma coisa natural neles, foram programados para isso.

E sim imagino que existam alguns iraquianos que até sejam verdadeiramente apaixonados pelo Ocidente, no entanto, não existe nenhum sistema de imigração no mundo que seja capaz de conhecer pessoa a pessoa no seu íntimo mais profundo.

O bom senso e a prudência devem imperar e não deveria ser necessário vir o Zangief americano explicar uma coisa dessas.

Compartilhe