Senado dos EUA aprova projeto de gastos e impede paralisação do governo

Date:

Atualize-se

O Senado dos Estados Unidos aprovou, na sexta-feira (8), o pacote de projetos de lei que garante financiamento para várias agências governamentais, apenas algumas horas antes do prazo de vencimento do financiamento atual, evitando por pouco uma paralisação parcial.

Com uma votação bipartidária de 75 votos a favor e 22 contrários, o pacote no valor de US$ 467,5 bilhões foi enviado para o presidente Joe Biden e sancionado no sábado (9).

Num comunicado da Casa Branca na noite de sexta, o Gabinete de Gestão e Orçamento disse que “cessou os preparativos para o encerramento porque o Congresso aprovou as dotações relevantes. As agências não fecharão e poderão continuar suas operações normais.”

O pacote financiará setores como agricultura, transporte, habitação, energia, programas para veteranos e o Departamento de Justiça, até o final do ano fiscal, em 30 de setembro.

“Para as pessoas que temem que um governo dividido signifique que nada será feito, este pacote bipartidário diz o contrário”, comentou o líder democrata do Senado, Chuck Schumer, antes da votação.

Embora essa legislação tenha sido aprovada na Câmara dos Deputados no início da semana com tranquilidade, o processo enfrentou atrasos no Senado devido a pressões de alguns republicanos conservadores, que buscavam votações adicionais sobre questões como imigração, as quais não obtiveram êxito.

O Congresso agora tem um prazo adicional de duas semanas, até 22 de março, para aprovar os seis projetos de lei de gastos restantes, visando financiar plenamente o governo pelo mesmo período. Contudo, acredita-se que a aprovação do segundo pacote, que abrange financiamento para os departamentos de Defesa, Estado e Segurança Interna, seja mais controversa no Congresso.

Patrocinado

Fonte

- Patrocinadospot_imgspot_img

Compartilhar :

Assinar

Popular

- Patrocinadospot_imgspot_img

Relacionados
Relacionados