Restaure a mesa

0
327
fabio hertel
Fábio Hertel é empresário e teólogo

Se tivesse que escolher uma palavra que representasse a experiência cristã, escolheria mesa. A mesa é democrática, é o local de encontro com quem amamos. Mas nossa geração perdeu a mesa. Também pudera, os concorrentes são fortes e na hora das refeições é cada um por si. Correm para tv, para o computador, e ainda tem o iPad, o iPhone… ai meu Deus. Com agendas desencontradas, todo mundo ralando para ganhar o pão, curiosamente não nos sentamos à mesa para juntos desfrutarmos o pão que ganhamos. Perdemos a mesa. A mesa talvez seja uma das veredas antigas recomendadas em Jeremias 6:16. É um princípio antigo, mas não antiquado, que nos proporciona paz.

Quando as pessoas se reúnem em torno da mesa, poderosos movimentos são desencadeados, como a sensação de segurança por pertencer a um grupo com laços afetivos. Estudos realizados em todo o mundo sugerem que quanto mais refeições familiares, melhor é o desempenho dos filhos na escola, nas relações sociais e no enriquecimento do vocabulário. Além de adotarem uma alimentação mais saudável, no futuro terão menos propensão a fumar, beber ou se envolver com drogas, e ainda iniciarão suas atividades sexuais mais tardiamente.  Os adultos serão mais sarados emocionalmente e construirão relacionamentos duradouros e saudáveis. Ou seja, tudo de bom, e provavelmente tudo que você gostaria de experimentar em sua família.

A Bíblia é repleta de mesa. Bem no começo Adão e Eva sentam-se na mesa errada. No deserto, Jesus não aceita a proposta de sentar-se à mesa do Diabo, e mais tarde inaugura a mesa do Senhor. A ceia é a apoteose da reunião cristã. O salmista poderia pedir qualquer coisa, mas implora por uma mesa e um cálice transbordante. No Apocalipse, Jesus bate à porta e se alguém atender ao seu clamor, Ele entra e senta-se à mesa. Depois de sua ressurreição, Jesus exorta e orienta à mesa (Mc 16:14-18), se confraterniza e se revela à mesa (Lc 24:30-31), consola e conforta à mesa (Lc 24:41-43), faz milagres e encoraja à mesa (Jo 21:9-14), faz promessas e fala acerca do Reino à mesa (At 1:3-5).

Incentivo você a investir em sua família. Semeie agora e com certeza você colherá bons frutos em breve. A refeição familiar é um dos maravilhosos pontos em comum entre a ciência e a fé cristã. O encontro familiar durante as refeições é, portanto, um poderoso movimento que une fé e razão.

A revolução começa em casa, e sua família merece uma nova atitude de sua parte. Boas refeições e mãos à mesa.

 

 

 

Compartilhe