PRF confirma 10 mortes em acidente com ônibus em Minas Gerais

0
168

Veículo tinha placa de Alagoas e caiu de um viaduto na BR-381

Um ônibus de viagem caiu da Ponte Torta, na BR-381, entre os municípios de João Monlevade e Bela Vista de Minas. Por meio do Twitter, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) em Minas Gerais confirmou que havia 10 mortos no local do acidente. Segundo a PRF, o ônibus tem placa de Alagoas, mas ainda não se sabe a origem, nem o destino da viagem.

“Inicialmente a PRF informa que são 10 mortes no local do acidente. Vítimas socorridas para o Hospital Margarida em João Monlevade. Ônibus com placas de Alagoas. Ainda não sabemos a origem e o destino da viagem”, informou a PRF.

Pelas redes sociais, o governador de Minas Gerais, Romeu Zema, afirmou que “equipes dos bombeiros, policiais, ambulâncias e helicóptero estão no local para atendimento aos feridos, apoio às famílias e apuração dos fatos”.

“Estarrecido. Toda a minha solidariedade aos familiares e amigos das vítimas do grave acidente que ocorreu nesta tarde, em João Monlevade, região central. Até o momento, 10 mortos foram confirmados nesta triste tragédia”, disse Zema.

Bombeiros

Segundo o Corpo de Bombeiros, o ônibus, que ia para Belo Horizonte, perdeu tração na subida, após passar por uma ponte, e voltou desgovernado de ré, não se sabendo ainda a distância que percorreu dessa forma até queda de aproximadamente 15 metros de altura sobre uma linha férrea.

Quarenta pessoas, incluindo o motorista, estavam no veículo. Os bombeiros relataram que 11 pessoas morreram e 29 tiveram ferimentos. Algumas pessoas teriam conseguido saltar do ônibus antes da queda.

Todos os feridos foram resgatadas antes da chegada dos bombeiros por ambulâncias municipais e terceiros e para hospitais regionais de Nova Era e Monlevade. As duas crianças que estavam no veículo foram levadas para o Hospital de Pronto Socorro João XXIII, em Belo Horizonte.

Ainda conforme informações dos bombeiros, pelas características, tratava-se de um ônibus de turismo, com público variado.

Compartilhe