Prefeitura de Santana do Paraíso/MG no Leste mineiro retorna dia 30/08 as aulas presencias.

0
341

A Secretaria Municipal de Educação anuncia que as aulas presenciais retornam no dia 30 de agosto, nas seis escolas municipais e nos oito Centros Municipais de Educação Infantil (CEMEIS) de Santana do Paraíso. Os professores retornam antes, dia 23 de agosto, para ajustarem o planejamento e prepararem o acolhimento dos alunos. O retorno presencial estará garantido para as três modalidades de ensino oferecidas pelo município: Creche (2 e 3 anos), Pré-Escola (4 e 5 anos) e Ensino Fundamental I (1º ano 5º ano).

A secretária municipal de Educação, Janice Alves da Silva, explica que o retorno das aulas presenciais será feito por meio de um sistema de revezamento semanal, em que 50% dos alunos estudam de forma presencial e outros 50% estudam em casa, com apoio do material do PET (Plano de Estudo Tutorado).

O retorno das aulas presenciais é resultado de um amplo debate com a sociedade civil e com as autoridades da área da saúde, visando à aprovação de um sólido Protocolo de Segurança Sanitária, em razão do cenário de pandemia causado pela Covid-19.

Esse protocolo, que deverá ser seguido pelos estudantes e profissionais das escolas, foi elaborado após meses de diálogo na Comissão de Trabalho Intersetorial da Pandemia da Covid-19 de Santana do Paraíso, composta por autoridades de diversas instituições e por membros da sociedade civil, conforme ressalta o prefeito Bruno Morato.

“O retorno às aulas presenciais era um desejo de todos nós. Mas, antes, era necessário muita responsabilidade, para garantir segurança aos nossos alunos, seus familiares e aos nossos profissionais da educação. Agora que fizemos o dever de casa, temos a satisfação de anunciar esse retorno, uma vez que as aulas presenciais são fundamentais para o aprimoramento do ensino-aprendizagem dos alunos e para garantir-lhes o princípio básico da socialização por meio escola”, afirma o prefeito.

Fonte assessoria de comunicação (santanadoparaiso.mg.gov.br). Edição Jorginho Amaral