Os eleitores com mais de 60 anos

0
461

Um grupo de risco que pode decidir a eleição

Em 2018, eleitores acima dos 60 anos representavam 18,6% dos
brasileiros aptos a votar. Eram 27,3 milhões de votos enquanto jovens de 16 a
24 anos representavam 22,4 milhões de votos ou 15,3% dos votantes. Dos 27,3
milhões de votos dos eleitores acima dos anos, 55% eram de mulheres. Esses
percentuais demonstram a complexidade do adiamento das eleições deste ano
e, mais ainda, a forma com a qual essas eleições deverão ser viabilizadas em
função de um grupo de risco.

Talvez as pessoas não considerem essa faixa etária (ou considerem pouco)
nas análises das pesquisas eleitorais contratadas, mas esses números
demonstram que não se trata de um percentual a ser desprezado. Pelo contrário.

Convenções partidárias on line?
O calendário das eleições 2020 do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) informa
ser de 20 de julho a 05 de agosto o período das convenções partidárias. Talvez
seja o primeiro movimento coletivo necessariamente presencial em tempos de
coronavírus. Estimando que o relaxamento do isolamento social perdure até
junho, as convenções poderão ser realizadas normalmente (talvez com algumas
normas sanitárias). Caso recrudesça a realidade do COVID-19 (fato que nenhum
de nós almeja), o TSE autorizaria convenções on line? Na nossa opinião, é mais
provável que o TSE adie por uma ou duas semanas a realização das convenções.

Pouco tempo para pesquisas
Se considerarmos que o relaxamento social possa ocorrer até o final de
maio, junho será um mês voltado para a realização de pesquisas, especialmente
na primeira quinzena. A demanda aos institutos de pesquisa será grande.