O Home Office do Judiciário e a invasão de Hackers

0
68

Juliana Isabele Gomes Probst

 

Com a pandemia do novo corona vírus o Judiciário passou a realizar sessões virtuais para deliberações. Com o Home Office, começaram a surgir situações inusitadas e embaraçosas aos presentes nas sessões.

No dia 18/08, a sessão da 2° turma do TRT da 20° região foi invadida por hackers que por vídeo colocaram funks e o chamado “gemidão”. A sessão precisões ser encerrada às pressas.

A Presidente do Tribunal Regional do Trabalho da 20° região, Desembargadora Vilma Leite Machado Amorim, em nota, informou que

[…] em decorrência do incidente ocorrido hoje, 18/8, quando da entrada indevida de pessoas na Sessão Telepresencial de Julgamento da 2ª Turma.

[…] autoridades policiais serão devidamente notificadas e estão sendo tomadas todas as medidas de segurança visando a impedir que, doravante, pessoas não habilitadas acessem as sessões de julgamento e as audiências.

 

 

 

 

Compartilhe
Previous articleCaixa Econômica Federal eleva percentual de crédito imobiliário pelo IPCA
Next articleSão Paulo disponibiliza plataforma de cursos de qualificação gratuitos
Assistente Social formada pela Universidade Estadual de Londrina – UEL em 2012; Advogada formada pelo Instituto Filadélfia de Londrina – UNIFIL, em 2017; Especialista em Gerenciamento de Projetos pela Fundação Getúlio Vargas – FGV, em 2016; Discente (especial) do Mestrado em Metodologias para o Ensino de Linguagens e suas Tecnologias na Universidade Norte do Paraná – UNOPAR Londrina. Discente do curso Análise de Desenvolvimento de Sistemas pelo Instituto INFNET- RJ. Experiência de atuação como Perita Social na Justiça Federal do Paraná, Comarca de Londrina com mais de 5 anos em campo; experiência de atuação em Serviços Sociais de Média e Alta Complexidade no Município de Londrina-Paraná, por mais de 2 anos. Atual Professora conteudista da Unifamma Maringá e Tutora a Distância no curso Superior em Serviço Social na Kroton Educacional.