Moro condena ex-deputado a mais de 20 anos de reclusão

Date:

Operação - 01

 

por Nilton Ramos

A operação Lava Jato, que investiga os desvios de dinheiro público da Petrobras, realizada pela Polícia Federal e Ministério Público Federal segue mostrando resultados e uma resposta à sociedade.

Na mais recente decisão, o juiz federal em Curitiba, Sergio Moro condenou o ex-deputado pelo PP, Paulo Corrêa a 20 anos e 7 meses de reclusão, mais multa,  inicialmente em regime fechado por corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Na sentença de Moro, é citado que o ex-deputado recebia propina desde a época em que Paulo Roberto Costa era da diretoria da estatal.

Ex-deputado Pedro Corrêa beneficiado desde o mensalão. Foto: Creative Commons
Ex-deputado Pedro Corrêa beneficiado desde o mensalão julgado pelo STF, e condenado agora na Lava Jato.   Foto:  Creative Commons.

A inclinação delituosa do ex-parlamentar vem de longe, porque segundo decisão judicial, Paulo Corrêa recebia propina até outubro de 2012, quando estava respondendo a processo-crime na Ação Penal 470 (mensalão) julgada pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

Corrêa teria recebido do esquema, R$11 milhões e 700 mil  das empreiteiras, e já determinou sua prisão provisória e o confisco de bens do ex-deputado no valor recebido indevidamente.

Ivan Vernon

Também foi julgado e condenado no mesmo processo de Corrêa. Ivan Vernon emprestou sua conta bancária para o depósito em favor de Pedro Corrêa.

Vernon levou cinco anos e seis meses de prisão em regime semi-aberto porque confessou a sua participação no esquema.

Ivan Vernon Gomes Torres Júnior foi secretário do ex-deputado Pedro Corrêa.

Rafael Ângulo

Também foi condenado pelo juiz Sergio Moro. Ângulo obteve os benefícios do regime diferenciado (aberto) a dois anos de prisão domiciliar.

Neste caso, Rafael Ângulo que passará os fins de semana em sua casa terá que usar tornozeleiras eletrônicas e ainda prestar serviços comunitários pelo seu envolvimento com o crime.

Rafael Ângulo Lopez era um dos operadores do esquema, e aceitou a colaboração premiada.

SPIN

O filho mais novo de Lula, Luís Cláudio Lula da Silva recebeu intimação na noite de ontem logo depois da festa de comemoração dos 70 anos de seu pai, o ex-presidente da República.

Cláudio terá que depor na Polícia Federal na operação Zelotes, que investiga desvio de dinheiro público.

Lula compara colaboração premiada a ‘forceps’

Durante a comemoração do septuagésimo aniversário de nascimento, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva discursou por mais de 1h.

Assistido por centenas de correligionários petistas, inclusive o presidente do PT, Rui Falcão, Lula tenta demonstrar força e confiança.

Chegou a pedir a seus apoiadores que não tenham pena dele, porque ele está acostumado a ataques e sugeriu que se preparem para as perseguições, pois a intenção é impedir uma possível candidatura sua à presidência da República em 2018.

O ex-presidente Lula sabe como jogar para a torcida, mas ele mesmo não segue sua cartilha.

Lula comemora 70 anos ao lado do prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, a presidente Dilma e sua esposa, Mariza, com neto nos braços. Foto: Ricardo Stucker/Instituto Lula.
Lula comemora 70 anos ao lado do prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, a presidente Dilma e sua esposa, Marisa, com neto nos braços. 
Foto: Ricardo Stucker/Instituto Lula.

Lula disse recentemente que se o povo quisesse seria candidato nas próximas eleições presidenciais. Entretanto, em Salvador, nas vésperas dos seus 70 anos, afirmou que não gostaria de ser o candidato do Partido dos Trabalhadores em 18.

Ninguém é digno de pena. Muito menos Lula. Principalmente porque ainda não se conhece na história moderna algum político tenha sido beatificado pelo Vaticano, e certamente esse não seria o pernambucano.

Ele faz pior, usa os mesmos argumentos de todos aqueles no governo e que apóiam o atual governo de Dilma Rousseff, como se fossem inatingíveis. Tenta desqualificar as instituições.

Lula chegou a ironizar a Polícia Federal e o Ministério Público Federal por conta das investigações nas operações da Lava Jato e Zelotes, entre outras.

E mais, atacou como se fosse um jurista renomado, ao acusar a PF e o MPF de conseguirem as colaborações premiadas na base dos ‘forceps’ (arrancadas à força).

Fórceps é um instrumento semelhante a uma tenaz. É utilizado na medicina obstetrícia (apesar de não ser mais recomendado por conta do sofrimento causado à parturiente e pôr em risco a vida do nascituro) para auxiliar a retirada de um feto por alguma razão em que a contração natural não é suficiente para o parto ou possa colocar em risco a vida da gestante e/ou do feto. Geralmente é usado quando o bebê é muito grande ou em casos de parto de risco.

Cunha é o ‘cara’

O STF já decidiu que o ‘manual do impeachment’, a pedido do deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) não poderá ser aplicado para análise dos pedidos de impeachment da presidente Dilma Rousseff. 

O presidente da Casa terá que respeitar os ditames da Constituição Federal/88 e os comandos da lei especial 1.079/1950.

O peemedebista que é processado pelo Supremo Tribunal Federal e investigado por evasão de divisas na operação Lava Jato, da Polícia Federal é quem decidirá quando decidirá sobre o pedido de impedimento da dirigente máxima do executivo nacional.

Uma decisão de arquivar o pedido abrirá a oportunidade de recurso do Plenário da Câmara dos Deputados.

Eduardo Cunha tem sido o ‘cara’, a ‘bola da vez’ do cenário político brasileiro. Seu passe é disputado por dois times: da oposição e do governo, apesar de ter contra si, processo por quebra de decoro parlamentar.

PSDB e governo querem o concurso de Cunha, e em troca, ele pode escapar de uma eventual cassação de mandato, uma jogada política imoral.

Copa do Brasil

Assim como no passado (Atlético e Cruzeiro), a Copa do Brasil de 2015 terá uma decisão local, e será entre paulistas. Santos e Palmeiras.

O Santos, que havia goleado o São Paulo de Rogério Ceni no jogo de ida, voltou a vencer, e desta feita na Vila Belmiro, ao marcar 3 a 1 no Tricolor.

O artilheiro santista, Ricardo Oliveira, temido pelos adversários. Foto: Ivan Storti/Santos F.C.
O artilheiro Ricardo Oliveira, temido pelos adversários.  Foto:  Ivan Storti/Santos FC

Já o Palmeiras do treinador Marcelo Oliveira, melhor em campo, teve mais dificuldades. Perdeu o jogo de ida por 2 a 1 para o Fluminense no Maracanã, e tinha que vencer pelo menos pelo mesmo placar na sua arena em São Paulo.

E tudo indicava que conseguiria, pois chegou a fazer 2 a 0, mas uma falha de marcação na área, facilitou que o atacante Fred (que jogou no sacrifício) fizesse o gol que levou o clássico para os pênaltis (2 a 1), e nos momentos finais por pouco não roubava a vaga que seria dos paulistas.

Os batedores cariocas se saíram muito mal, e marcaram apenas um único gol, na derrota de 4 a 1 para o Verdão, que comemorou a vaga para a decisão do título da Copa.

O goleiro palmerense Fernando Prass fez importantes defesas e certamente terá um duelo a parte com o artilheiro Ricardo Oliveira. Foto: Cesar Greco/S.E.Palmeiras.
O goleiro palmerense Fernando Prass fez importantes defesas e certamente terá um duelo a parte com o artilheiro Ricardo Oliveira.  Foto:  Cesar Greco/SEPalmeiras.

Na verdade, será uma decisão paulista, mas da capital, representada pelo Palmeiras, e do interior, representado pelo Santos.

Confederação Brasileira de Futebol (CBF) definiu na tarde desta quinta-feira que o primeiro jogo será no dia 25 de novembro, em Santos, e a decisão, dia 2 de dezembro, na arena do Palmeiras.

O campeão ganha o direito de disputar a Copa Libertadores de 2016. Atual campeão é o Atlético – MG.

Santos x Palmeiras domingo pelo Brasileirão

No próximo domingo, pela 33ª rodada do Brasileirão/2015, Santos e Palmeiras farão um teste para a decisão da Copa do Brasil. O clássico paulista será na Vila Belmiro, às 17h. Os dois times brigam pelo G-4 da competição. Com 50 pontos, o Peixe ocupa o quarto lugar, enquanto o Alviverde, com 48, está na oitava colocação.

Nilton Ramos
Bacharel em Direito; Pós-Graduado em Direito do Trabalho Lato Sensu; humanista e fundador-presidente da ONG CIVAS – BRASIL.

Compartilhar :

Assinar

spot_imgspot_img

Popular

Relacionados
Relacionados

Fuga de dois presos da penitenciária federal de Mossoró (RN) revela fragilidade das unidades prisionais, diz especialista

É preciso garantir recursos financeiros regularmente para penitenciárias, para...

Em Haia, China defende que palestinos têm direito de usar violência

A China argumentou nesta quinta-feira (22) na Corte Internacional...

Governo lançará programa “Mineração para Energia Limpa”

O ministro de Minas e Energia, Alexandre Silveira,...