Meu Canto é Saudade: A poesia de Seu Juca da Angélica participa da Mostra de Cinema de Ouro Preto

0
283

Documentário sobre a poesia de um roceiro de Minas Gerais tem exibição no dia 22 de junho, às 19h30. A entrada será gratuita

O documentário “Meu canto é saudade: a poesia de Juca da Angélica” vai encantar o público na Mostra de Cinema de Ouro Preto (CineOP). O curta- metragem, selecionado para exibição no dia 22 de junho, às 19h30, no Cine BNDES Praça Tiradentes, narra à história de dois músicos do interior de São Paulo que vão para as Minas Gerais encontrar Juca da Angélica, um poeta roceiro de 97 anos.

Nessa jornada, eles musicam os poemas de “Seu Juca” e registram um canto cheio de saudades. Tudo num clima de conversa harmoniosa com uma viola e um violão e aquele que traduz a vida do campo e a alma do sertão.

“A produção do documentário teve início em 2012 e demorou três anos para ser finalizado. Ver esse encontro de gerações, que representa um resgate da história de Seu Juca, da poesia popular e das tradições regionais, é um grande marco na minha vida e carreira profissional” , diz o produtor do documentário Diógenes Miranda.

Com duração de 12 minutos, o curta-metragem tem os poemas musicados pelo Trio José e leva o mesmo nome do livro “Meu Canto é Saudade, a poesia de Seu Juca da Angélica”.

Para ter ideia de como será essa história, só acessar o trailer:

[mom_video type=”youtube” id=”UdDzUuGWKDQ”]

 

 

Quem é Juca da Angélica?

José Joaquim de Souza, o Juca da Angélica, nasceu no dia 07 de junho de 1918, época em que Lagoa Formosa ainda era distrito de Patos de Minas. O poeta passou a infância na roça e só foi alfabetizado aos 14 anos de idade. Para ajudar a família trabalhou no campo e se transformou em carreiro conhecido em toda a região. 

CineOP

A Mostra de Cinema de Ouro Preto chega a sua 10ª edição, de 17 a 22 de junho de 2015. Terá uma programação abrangente e gratuita que inclui homenagens a personalidades do audiovisual, exibições de mais de 50 filmes brasileiros em pré-estreias e retrospectivas, oficinas, debates, seminários, exposições e lançamento de livros. Também haverá atrações artísticas que ocupam três espaços: Ouro Preto Cine Vila Rica (plateia de 700 lugares), Centro de Convenções (sede do evento, cine-teatro, auditórios, galpão cine bar show, ações de formação e reflexão) e Praça Tiradentes que é a praça principal da cidade que recebe a instalação do Cine-Praça (1000 lugares). 

 

 

SERVIÇO 

“Documentário Meu canto é saudade: a poesia de Juca da Angélica”

Onde: Mostra de Cinema de Ouro Preto (CineOP )

Quando: 22 de junho

Horário: 19h30

Entrada: Gratuita

Faixa etária sugerida: Livre

Endereço: Rua Diogo de Vasconcelos, 328. Bairro Pilar. Ouro Preto/MG

Informações da Mostra: http://www.cineop.com.br

Facebook: https://www.facebook.com/JucadaAngelica

Compartilhe