Mais um jornalista executado com requintes de crueldade em Minas

0
279

por Nilton Ramos

 

A onda de crimes covardes, cruéis contra jornalistas no Brasil continua crescente. A mais recente vítima o jornalista André Luiz de Sá, que completou 39 anos no último dia 10 de julho.

André Luiz foi morto nesta segunda-feira, no interior de sua própria casa, na cidade mineira de Araçuaí, a golpes de pau.

O delegado que investiga o assassinato, Cristiano Carnelucci afirmou ainda estar no início das investigações, mas revelou que o jornalista foi morto dentro de sua própria casa, e que depois, o portão foi fechado pelo lado de fora. Que provavelmente houve mais de um envolvido em sua morte.

Carnelucci também contou que os criminosos também apagaram todas as ligações da memória do telefone celular da vítima. E que não houve sinais de arrombamento por parte dos criminosos.

Segundo informações, André Luiz de Sá não tinha inimigo, pelo contrário, um homem de muitas amizades e que sua morte não teria relação com a profissão de jornalista.

Mas o que teria motivado a morte do jornalista? Ele teria sido exterminado por pessoas do seu convívio, pois, seus assassinos estavam no interior de sua casa, talvez tenham entrado junto com ele, ou sua entrada facilitada de alguma forma.

A hipótese é reforçada porque os criminosos se preocuparam em apagar todas as ligações no celular da vítima.

Entretanto, como não conhecemos crimes perfeitos, a DEPOL comandada pelo delegado Cristiano Carnelucci tem meios para realizar diligências na produção de provas para se encontrar, prender e levar os responsáveis pela morte de André ao Tribunal do Júri.

Mesmo com os registros apagados do telefone da vítima, a Justiça pode, a pedido da polícia, autorizar a quebra do sigilo telefônico de André Luiz, e impressões digitais em vários objetos na casa, entre outros.

A motivação e os autores certamente serão descobertos nos próximos dias pela equipe do delegado Carnelucci que deverá estar empenhada nas investigações do homicídio.

André Luiz de Sá era jornalista graduado pela PUC-Minas, comandava um programa de TV na cidade onde morava e foi também assessor de imprensa da Prefeitura de Araçuaí [foto].

André Luiz de Sá - 01

Visitamos o endereço de André nas redes sociais, e sua última postagem é recente, de 30 de julho:

“É difícil em tempos como estes:” ‘Ideais, sonhos e esperanças permanecerem dentro de nós, sendo esmagados pela dura realidade. É um milagre eu não ter abandonado todos os meus ideais, eles parecem tão absurdos e impraticáveis. No entanto, eu me apego a eles, porque eu ainda acredito, apesar de tudo, que as pessoas são realmente boas de coração [O Diário de Anne Frank]. ’

 

 

Compartilhe