Importância do Sono Para o Treino

0
556

De fato, os exercícios físicos ajudam na melhora do sono, acalmam e trazem bons resultados físicos e psíquicos. Os exercícios leves contribuem para um sono reparador. Já os mais pesados precisam ser evitados em horários tardios, pois podem comprometer a qualidade do sono.

É preciso que haja o equilíbrio entre o desgaste do corpo e a sua recomposição. Para entender a importância do sono, é preciso entender o catabolismo e o anabolismo. O primeiro é o consumo e gasto de energia e, o segundo, estoque de energia.

Quando estamos treinando, há o gasto de nossa “reserva energética”, ou seja, o catabolismo. E quando estamos dormindo, acontece o anabolismo, que recupera a energia gasta durante o treino, além de regenerar as fibras.

O sono agirá justamente no anabolismo, recuperando a perda de energia, e também na liberação do hormônio GH (que atua na construção do músculo). E claro: o sono também renova as células, melhorando a aparência e o estado físico. Quando o sono está desajustado, há perda de memória e alterações metabólicas e endócrinas.

Quem não tem uma boa noite de sono fica com o raciocínio prejudicado, rende menos no trabalho e sofre com muito mais cansaço. Além disso, está mais sujeito a infecções, obesidade, hipertensão e diabetes.

Compartilhe