Homem morre após ser atingido por queda de árvore durante temporal

Date:

Atualize-se

Um homem de 58 anos de idade foi atingido por uma árvore durante o temporal que atingiu a região de Jundiaí (SP) nesta segunda-feira (8).  Ele era morador de Itupeva e chegava em casa no momento do acidente. Segundo a Defesa Civil do estado de São Paulo, ele foi atingido ao desembarcar do carro. A vítima foi socorrida mas não resistiu. 

Na capital paulista, uma estrutura metálica da marquise do Parque Ibirapuera caiu, atingindo quatro pessoas. A ambulância do parque socorreu duas vítimas, uma com contusão nos membros superiores e uma com suspeita de fratura na costela. As outras duas foram atendidas pelo Corpo de Bombeiros. Todas foram encaminhadas ao Hospital Israelita Albert Einstein. 

Chuvas

Segundo a Defesa Civil do estado, na segunda-feira foram registrados acumulados de chuva que variaram de 97 mm a 44 mm, nas 12 horas anteriores, com destaque para o município de Mogi das Cruzes, com 97 mm; São Paulo com 62 mm; Francisco Morato e Jundiaí, com 50 mm; Franco da Rocha, com 45 mm e Salto de Pirapora, com 44 mm. No Aeroporto de Congonhas, foram registradas rajadas de vento às 15h, de 75 km/h. 

Foram registrados cerca de 200 chamados de queda de árvore na capital paulista, com duas ocorrências envolvendo veículos bloqueando a saída do motorista. Nos dois casos, o Corpo de Bombeiros prestou atendimento com apoio da concessionária de energia Enel. 

Na estação Aeroporto-Guarulhos, na Linha 13-Jade da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), parte do telhado foi arrancada pelo vento por volta das 16h. Ninguém se feriu,mas os trens da linha passaram a utilizar a mesma plataforma para embarque e desembarque de passageiros. 

“Equipe de manutenção trabalhou durante toda a madrugada desta terça-feira (9) para retirar as telhas que estavam no rio e na avenida, além de realizar inspeção para garantir que não havia telhas soltas na estrutura. O próximo passo é o planejamento para recuperação do local o mais rápido possível, informou a CPTM em nota. 

Enel 

A Enel informou que restabeleceu a energia para aproximadamente 70% dos clientes que tiveram o fornecimento impactado na tarde de segunda-feira após as rajadas de vento que atingiram parte da área de concessão da distribuidora. 

“Os fortes ventos causaram queda de árvores e galhos danificando trechos da rede elétrica. Os municípios mais atingidos na área de concessão foram São Paulo e Santo André”, diz em nota. 

Segundo a Enel, os bairros mais prejudicados na capital paulista foram Moema, Vila Nova Conceição, Jardim Paulista, Planalto Paulista, Jabaquara, Vila Mariana, Pedreira, Pirituba, Centro e Itaquera. 

“Técnicos da companhia atuam desde a tarde de ontem [segunda-feira], inclusive durante a madrugada, para reconstruir os trechos da rede de distribuição danificados. Cerca de 800 equipes seguirão trabalhando ao longo do dia para restabelecer a energia para todos”, informou a concessionária.

Patrocinado

Fonte

Compartilhar :

Assinar

spot_imgspot_img

Popular

Relacionados
Relacionados

Fuga de dois presos da penitenciária federal de Mossoró (RN) revela fragilidade das unidades prisionais, diz especialista

É preciso garantir recursos financeiros regularmente para penitenciárias, para...

Em Haia, China defende que palestinos têm direito de usar violência

A China argumentou nesta quinta-feira (22) na Corte Internacional...

Governo lançará programa “Mineração para Energia Limpa”

O ministro de Minas e Energia, Alexandre Silveira,...