Galo anula R10 no Maracanã, vence e ‘cola’ no líder. Cruzeiro perde e Luxemburgo cai

0
370
BELO HORIZONTE / MINAS GERAIS / BRASIL - 03.06.2014 - Vanderlei Luxemburgo se apresenta ao Cruzeiro na Toca ll em BH. © Washington Alves/Light Press/Cruzeiro

por Nilton Ramos*

Dois jogos no sábado abriram a rodada do fim de semana da Série A do Campeonato Brasileiro.

No Maracanã, do técnico Jorginho, o Vasco da Gama amargou mais uma dura derrota diante da sua torcida, ao perder para o Figueirense por a 0.

Foi a 14ª derrota em 21 jogos até aqui. Que manteve o time mosqueteiro na lanterna do certame, com apenas 13 pontos marcados.

Ainda no sábado, o São Paulo goleou a Ponte Preta por 3 a 0 no Morumbi, chegando aos 34 pontos, na captura do ‘G-4’, na 5ª posição na tabela.

Na rodada de domingo, Grêmio e Coritiba ficaram no 0 a 0, em partida disputada na Arena Grêmio.

O resultado não foi de tudo ruim para o tricolor gaúcho, pois tem 38 pontos, e com a derrota do Fluminense para o Atlético, se manteve em terceiro lugar.

A surpresa da rodada foi a derrota do Internacional para o Avaí de goleada [3 a 0], no Estádio da Ressacada.

Na Arena Pernambuco, o Flamengo do técnico Osvaldo de Oliveira, mesmo sem o atacante peruano, Paolo Guerrero, contundido, bateu o bom time do Sport por 1 a 0, e deu um salto significativo na tábua de classificação do Brasileiro.

O time rubronegro  subiu para a 10ª posição, e já mira o grupo de cima da disputa nacional.

Na Arena Palmeiras, o Verdão passou pelo Joinville, mantendo sua regularidade ao marcar 3 a 2, em um embate de cinco gols, e alcançar a 4ª posição.

Na Arena da Baixada, o Atlético Paraense quebrou a boa sequência de vitórias do Goiás, ao fazer 3 a 0.

TIMÃO SEGUE LÍDER – Na Arena Condá, o Corinthians de Tite não deu bola para o mando de campo do adversário, e sapecou uma goleada na Chapecoense [3 a 1] e se garantir na liderança isolado no campeonato.

Vágner Love, 'amuleto' do Timão. Foto: Daniel Augusto Jr. Divulgação Agência Corinthians.
Vágner Love, ‘amuleto’ do Timão. Foto: Daniel Augusto Jr. Divulgação Agência Corinthians.

GALO ANULA R10 E VENCE NO MARACANÃ – Mas a vida do Timão não está tão tranquila como parece. É que o Atlético, que vinha de tropeços no Brasileiro e a desclassificação na Copa do Brasil respirou aliviado, ao bater o Fluminense em plena Arena Maracanã pelo placar clássico [2 a 1].

Marcação atleticana anulou R10 que saiu aos 22 do segundo tempo.
Marcação atleticana anulou R10 que saiu aos 22 do segundo tempo.

Giovanni Augusto e Patric fizeram os gols que deram a vitória ao Galo Bicudo, mesmo fora de seus domínios. Wellington Paulista descontou para os cariocas.

Sem Fred, Ronaldinho Gaúcho foi muito bem anulado pela marcação do time mineiro. Tanto que aos 22 do segundo tempo foi trocado por Magno Alves.

Com a vitória, a equipe de Levir Culpi não deixou o Timão disparar, com 42 pontos, segurando a vice-liderança, enquanto os ‘manos’ somam 46.

Patric e Giovanni Augusto comemoram os gols da vitória mineira. Foto: Site Oficial Atlético
Patric e Giovanni Augusto comemoram os gols da vitória mineira. Foto: Site Oficial Atlético.

O próximo compromisso mineiro pelo Brasileiro/2015 já será na quarta-feira contra o seu xará, o Atlético Paranaense. O jogo dos Atléticos será na Arena Independência, no Horto, onde o favoritismo é do time das Gerais.

Entretanto, a Comissão Técnica já trabalha o substituto de Douglas Santos, convocado pelo treinador Dunga, para o amistoso da Seleção Brasileira olímpica contra a França.

O volante Rafael Miranda é outro desfalque. Terá que cumprir suspensão pelo terceiro cartão recebido na vitória sobre o Flu.

CRUZEIRO PERDE PARA O SANTOS E JÁ CORRE RISCOS DE REBAIXAMENTO – No Mineirão o Cruzeiro sofreu mais um violento golpe diante de sua torcida ao ser derrotado pelo Santos por 1 a 0.

Assim, o time azul soma os mesmos 22 pontos do Goiás e Coritiba, ocupando a 16ª, 17ª e 18ª posições respectivamente.

O gol da vitória santista foi marcado pelo artilheiro do campeonato, Ricardo Oliveira.

A 11ª derrota coloca o time da Toca da Raposa numa situação delicada, pois sua luta imediata é a de se manter na elite do Futebol brasileiro.

Na coletiva, o treinador Vanderlei Luxemburgo se manteve tranquilo e disse confiar no grupo que possui, agradeceu o apoio da torcida nas arquibancadas, mas não falou em rescisão contratual com o Cruzeiro.

Ao contrário do lado de dentro da Arena Mineirão, na saída do estádio, foram fortes as manifestações dos torcedores, que pediram a demissão do treinador Luxemburgo.

Vanderlei Luxemburgo não deverá resistir às pressões no Cruzeiro. Foto: Site Cruzeiro
Vanderlei Luxemburgo não deverá resistir às pressões no Cruzeiro.
Foto: Site Cruzeiro.

O presidente cruzeirense, Gilvan Costa foi hostilizado pelos torcedores celestes ao deixar o Mineirão, e o cartola pode não suportar as pressões internas e da torcida, forçando-o a trocar o comando técnico da equipe cruzeirense.

LUXEMBURGO DEMITIDO – Em reunião que terminou ha pouco na Toca da Raposa II, entre diretoria do Cruzeiro e a Comissão Técnica, ficou acertado que Vanderlei Luxemburgo não é mais o técnico do time celeste.

O diretor de Futebol, Isaías Tinoco também foi demitido junto com Luxemburgo.

Vanderlei Luxemburgo não chegou a completar 60 dias como técnico do atual campeão brasileiro, em substituição do treinador Marcelo Oliveira.

Em 19 jogos foram apenas seis vitórias, três empates e dez derrotas.

O diretor de Comunicação do Cruzeiro, jornalista Guilherme Mendes informou que o auxiliar técnico Deivid segue provisoriamente no comando do time, tendo como preparador físico, Antônio Mello.

Depois desta rodada, a classificação segue com o Corinthians em primeiro e o Atlético em segundo lugar:

 

Classificação Atualizada

Compartilhe