Dilma e Obama devem anunciar adesão do Brasil ao Global Entry

0
322

A presidente Dilma Rousseff e o presidente dos EUA, Barack Obama, deverão anunciar na próxima semana um acordo sobre a participação do Brasil no programa Global Entry, informou nesta quinta-feira (25/06) o subsecretário-Geral Político I do Itamaraty, embaixador Carlos Antonio da Rocha Paranhos. Em março de 2013, os dois governos acertaram a participação inicial de 1.500 viajantes frequentes no programa Global Entry, que permite a entrada em território americano sem passar pelas filas de imigração. Dessa forma, não seriam beneficiados turistas eventuais, apenas os brasileiros que visitam os EUA com maior frequência, na maioria das vezes em viagens a trabalho.

De lá pra cá, no entanto, não se chegou a um consenso pleno sobre as exigências das regras impostas pelos americanos, como a obrigatoriedade de se informar a situação penal dos viajantes brasileiros. Essa exigência seria uma forma de os norte-americanos se certificarem de que esses passageiros teriam “ficha limpa”. “Há efetivamente uma discussão em andamento sobre a participação do Brasil no programa Global Entry. Tem havido reuniões aqui e em Washington a respeito desse tema e nós esperamos anunciar um bom progresso em relação esse tema, possivelmente num comunicado conjunto da visita”, informou o embaixador.

“Eu não sei se será possível acertar todas os detalhes técnicos ainda pendentes até terça-feira (30), para a questão da participação do Brasil no Global Entry, mas o que é importante salientar é que as negociações estão bastante avançadas e há uma disposição política dos dois países de anunciar isso durante a visita.”

Isenção de visto

O embaixador fez questão de diferenciar a adesão ao programa Global Entry de uma outra questão – a eventual isenção de visto para o ingresso de brasileiros em território norte-americano. “O programa Global Entry estabelece uma espécie de trâmite rápido para entrada em território norte-americano, é um programa para viajantes frequentes, e implica também numa série de requisitos que estão sendo devidamente negociados”, destacou o embaixador.

“A outra questão é a da isenção do visto, isso é uma questão de mais longo prazo. E é importante saber separar bem pra não criar uma expectativa de que haveria um anúncio de isenção de vistos (para brasileiros), o que não será o caso. Em relação ao Global Entry, sim, as negociações estão bastante avançadas e esperamos anunciar isso, enfim, esse progresso e um cronograma de implementação do Global Entry durante a estada (da presidente Dilma Rousseff) em Washington.”

Agenda

A presidente Dilma Rousseff deve chegar no final da tarde deste sábado aos Estados Unidos, onde cumprirá uma agenda intensa de compromissos em Nova York, Washington D.C. e em San Francisco. Na capital norte-americana, Dilma participará na próxima segunda-feira, dia 29, de jantar oferecido pelo presidente Obama na Casa Branca. Na terça-feira (30), pela manhã, os dois presidentes realizam uma reunião de trabalho e fazem depois uma declaração à imprensa. À tarde, Dilma almoça com o vice-presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, na sede do Departamento de Estado dos EUA.

Compartilhe