CHEFIA x LIDERANÇA

0
213

Os comportamentos que não devemos aceitar no novo normal!

Pensando a liderança nos dias atuais e no novo cenário das empresas no novo normal que estamos por vivenciar em meio ao enfrentamento da pandemia, e que será fortalecido por novas configurações e relações de trabalho, não há mais espaço para falarmos de chefias ou chefes.

Estes personagens não deverão existir no novo mundo empresarial, e suas ações não são aceitáveis quando falamos de produtividade, times colaborativos, metodologias celulares de trabalho, home office e trabalho remoto, e mesmo novas posições autônomas de trabalho que não representem a hierarquia tradicional.

Nesse contexto, refletindo sobre comportamentos que ainda percebo nas empresas, penso que não é possível aceitarmos enquanto trabalhadores ou gestores, que pessoas despreparadas estejam em cargos de liderança, em pequenas, médias ou grandes empresas.

Mesmo em empresas familiares, ou você é um líder, ou um chefe, e não há mais espaço para chefes. Vejamos alguns exemplos de comportamentos inaceitáveis de chefes despreparados e que nunca serão líderes respeitados:

1 – Quando seu chefe falar algo que desabone sua conduta ou atuação em público, seja presencialmente ou virtualmente, ele não é um líder, mas apenas um chefe sem autoridade conquistada pelo respeito, mas sim pelo medo que representa pelo cargo que ocupa.

2 – Quando seu chefe te cobrar sobre algo que não é sua responsabilidade, ele não estará exercendo liderança, mas sim demonstrando ser um chefe que não conhece o escopo de trabalho de seu ou de sua equipe.

3 – Quando seu chefe esperar algo de você ou de seus pares que não está no rol de atividades que possam ser esperadas, ele não estará atuando como um líder, mas sim como um chefe que quer mais por menos, ou que está em busca de culpados para os problemas que não soube enfrentar.

Se no cenário atual isso já não é algo admissível, imaginando as novas configurações de trabalho no período posterior ao enfrentamento da pandemia, não é algo que as empresas poderão alimentar dentro de suas equipes.

Líderes que antes já não sabiam liderar, tendem a extrapolar em suas atitudes autoritárias em relação ao fato de precisarem demonstrar controle sobre seus subordinados.

Enquanto algumas empresas falam em novas formas de trabalhar e novas maneiras de fortalecer as equipes, alguns chefes buscam novas formas de exercer poder.

Fica a reflexão para o que está por vir e do que não queremos no cenário empresarial.

Até a próxima!

Compartilhe
Artigo anteriorDesemprego: e agora?
Artigo seguinteFabricio Queiroz é preso em Atibaia, interior de São Paulo
Nascido e criado na cidade de Londrina, graduado em Administração pela Universidade Estadual de Londrina - UEL (2006), especialista em Administração de Marketing e Propaganda pela mesma instituição (2008), e Mestre em Administração - UEL (2014). Atua como consultor de empresas e palestrante, com experiência no setor tecnológico desde 2002. Pesquisador da grande área da Administração com ênfase em marketing, estratégia, comportamento do consumidor, desenvolvimento sustentável, teoria das organizações, economia solidária, políticas públicas e gestão universitária. Possui experiência no ensino presencial e à distância desde 2009 na grande área da Administração e nas áreas de Comércio Internacional, Marketing, Estratégia, Inovação, Gestão de Pessoas, Teoria Organizacional, Economia solidária e Responsabilidade Social e Ambiental