A diferença entre ser amado e ser útil – Pe. Fábio de Melo

“Só nos ama, só vai ficar até o fim, aquele que depois da nossa utilidade, descobrir o nosso significado. (…) Se você quer saber se o outro te ama de verdade, é só identificar se ele seria capaz de tolerar a sua inutilidade.

Feliz daquele que tem ao final da vida a graça de ser olhado nos olhos, e ouvir a fala que diz: Você não serve pra nada, mas eu não sei viver sem você.” – Pe. Fábio de Melo

Compartilhe