Em diplomação, Bolsonaro volta a dizer que cumpre “missão de Deus”

0
386

O presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) foi diplomado nesta segunda-feira (10) pelo Tribunal Superior Eleitoral. Em seu discurso ele voltou a dizer que vê sua eleição como parte de uma missão divina.

“Quero agradecer a Deus por estar vivo, e também agradecer a Deus por essa missão à frente do Executivo. Tenho certeza que, ao lado dele, venceremos os obstáculos”, afirmou. Em seguida, agradeceu também sua família e eleitores.

O capitão destacou que o Brasil vivencia um “novo tempo” e que as eleições revelaram uma “realidade distinta das práticas do passado”. Segundo ele, que foi eleito majoritariamente com o auxílio das redes sociais, “O poder popular não precisa mais de intermediação”. Ele garantiu que as novas tecnologias permitiram uma relação “direta” entre o eleitor e os seus representantes.

Bolsonaro pediu ainda a “confiança” daqueles que não votaram nele e assegurou que irá governar “em benefício de todos, sem distinção de origem social, raça, cor, sexo ou religião”.

O presidente eleito repetiu seus compromissos de campanha: “Não mais à corrupção, não mais à violência, não mais às mentiras, não mais à manipulação ideológica”. Finalizou dizendo ter “plena consciência” dos desafios que irá enfrentar, declarando que, em sua gestão, “vamos resgatar o orgulho de ser brasileiro”.

“O Brasil deve estar acima de tudo. Que Deus abençoe nosso país e os brasileiros”, finalizou.

Assista!